3 maneiras de fortalecer o departamento de engenharia clínica

A cada dia que passa é notório o quanto o desempenho de um ambiente hospitalar cresce devido o departamento de Engenharia Clínica, acima de tudo, pela execução de um bom serviço por meio de uma equipe de engenheiros de alto nível.

Com o crescimento exponencial das tecnologias e o surgimento de dispositivos habilitados por software, tornou-se essencial as mudanças com a prestação de cuidados ao paciente.

Com essas operações hospitalares, se faz necessário a presente de um elenco de especialistas em suporte técnico capaz de reparar tecnologias cada vez mais avançadas e prever qual a nova tecnologia adequada para a instituição.

A questão é que muitos departamentos estão sobrecarregados para lidar com essas questões, e isso está pesando os orçamentos e as responsabilidades da engenharia clínica. Isso torna mais difícil para os diretores de EC instalarem mudanças de valor no departamento.

Por isso, elegemos três tópicos importantes que podem agregar valor e fortalecer seu departamento de engenharia clínica:

1- Considerar os impactos do tempo de inatividade dos equipamentos;
2- Avaliar quanto tempo sua equipe gasta com equipamentos de alto nível versus baixo nível;
3- Estabelecer um plano de carreira estratégico para diminuir a rotatividade dos técnicos biomédicos.

Vamos explorar cada tópico para que você entenda melhor.

1- Considerar o tempo de inatividade dos equipamentos – pense fora do seu departamento

A maioria das equipes de EC estão tão atoladas em consertar equipamentos que estão quebrados que acabam por não entender as implicações mais amplas do tempo de inatividade de equipamentos médicos.

Podemos citar alguns exemplos: como a equipe clínica é afetada por equipamentos indisponíveis? Qual o impacto para os pacientes que precisam desse equipamento? Qual é o impacto no custo total do tempo de inatividade prolongado (no caso de equipamentos alugados).

Uma equipe ocupada demais com questões que poderiam ser resolvidas, por exemplo, com a devolução de tantos equipamentos alugados com problemas, que podem não perceber outra questão:
A ausência desses equipamentos nas clínicas médicas acaba gerando o aluguel de novos dispositivos.

O que poderia ser melhorado nesse quesito é um melhor gerenciamento das tecnologias, abordando uma visão mais ampla para além do departamento de EC, mas olhando também para as outras alas.

2- Avaliando tempo gasto com manutenções

O gerenciamento efetivo das tecnologias vai além de apenas conserta-lo a tempo para o uso.

A questão aqui é que a média de dispositivos para um técnico atender e dar suporte é cerca de 1000 a 1200.
No entanto, o que deve ser considerado é o quão sofisticados são os equipamentos, nesse caso, o número deve diminuir.

O que deve ser avaliado é: em que nível os técnicos estão trabalhando em quais tipos de equipamentos?

3- Reduza a rotatividade dos técnicos

Uma estratégia para manter técnicos de qualidade no seu departamento é ter um programa que lhes dê um caminho claro para crescer em sua carreira.

69% dos profissionais acham que a “oportunidade de avanço” é o maior motivador para deixar seu emprego atual.

Para montar um plano de carreira, é preciso pensar em uma estratégia para fazê-los crescer. Ao invés de simplesmente dispensar, que tal fazer com que eles cresçam?

Para isso, pode-se pensar da seguinte maneira: se eles são biomédicos, o que é preciso para levá-los à engenharia de serviço de laboratório, ou imagem ou a um engenheiro de serviço de ressonância magnética?

A maior parte da nova geração quer uma oportunidade em um local que lhes dê a liberdade de avançar.

Infelizmente para muitos diretores de Engenharia Clínica é difícil encontrar tempo para fazer esse tipo de estratégia e motivar a carreira dos seus técnicos. E é neste ponto que recrutar ajuda temporária adicional pode ser uma vantagem.

Conclusão

Lidar com altas cargas horários e gerenciamento de equipamentos com alta demanda não é uma jornada muito fácil.
Mas essas três dicas podem ajudar a melhorar o desempenho do seu departamento e desenvolver uma equipe de Engenharia Clínica preparada para enfrentar novos desafios e lidar com os antigos.

Esse artigo ajudou você? Deixe nos comentários

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

WeCreativez WhatsApp Support
Nossa equipe de suporte ao cliente está aqui para responder às suas perguntas.
👋 Olá, como posso ajudar?