Desfibrilador externo automático – Saiba a média de Preço

O Desfibrilador externo automático deve estar  localizado na maioria dos escritórios e prédios públicos, na verdade, como esses dispositivos agora estão comumente disponíveis, por isso vamos falar um pouco sobre os preços.

Um DEA, ou desfibrilador externo automático, é usado para ajudar aqueles que sofrem parada cardíaca súbita. É um dispositivo médico sofisticado, mas fácil de usar, que pode analisar o ritmo cardíaco e, se necessário, aplicar um choque elétrico ou desfibrilação para ajudar o coração a restabelecer um ritmo eficaz, por isso os preços podem variar entre 1.500,00 e 21.000,00

Então, o que você precisa saber antes de comprar um desfibrilador

O Desfibrilador externo automático é seguro?

Um aspecto bastante relevante a ser considerado na avaliação de qual desfibrilador externo automático adquirir é a questão da segurança, uma funcionalidade importante de alguns modelos de desfibrilador externo automático, é garantir que a liberação de choque desfibrilatório só ocorra se ele for de fato necessário, por isso há no mercado, vários modelos e preços diferentes.

Desfibrilador externo automático
Desfibrilador externo automático

Conforme informado, o aparelho faz a leitura do estado do paciente por meio dos eletrodos conectados. E indica ao usuário se o choque é necessário ou não, “decidindo” também a voltagem deste choque. No entanto, ainda assim existe a possibilidade de o socorrista acionar o botão de tratamento por engano, não é mesmo? Alguns modelos de DEA já antecedem essa possibilidade de erro e não liberam a carga de nenhuma maneira se o choque não for estritamente necessário, fazendo com o que o uso seja  100% seguro, portanto fatores como o preço e a disposição da companhia fabricante no instante da negociação também devem ser considerados.

O desfibrilador externo automático possui tecnologia bifásica

Na atualidade, existem dois tipos de tecnologia disponíveis no mercado(Com variações de preços também) que envolvem o choque elétrico disparado pelo desfibrilador: ondas monofásicas e bifásicas. Os desfibriladores que apresentam tecnologia bifásica (a mais recente) têm uma maior eficácia terapêutica e portanto são a melhor opção para o consumidor. Confira as diferenças:

Desfibriladores Monofásicos

A maior parte dos desfibriladores existentes no mercado aplica choques por meio de onda sinusoidal amortecida produzida por um circuito RCL. Ou por uma forma de onda exponencial truncada. Os desfibriladores podem fornecer até 360 joules de energia ao paciente, dentro de uma escala de valores que inicia em 5 joules. Isso permite o tratamento de pacientes de variados tamanhos e pesos.

O seu sistema de desfibrilação por onda monofásica amortecida permite mínima agressão e maior eficiência no procedimento de desfibrilação, por esse motivo o preço desse modelo, se torna um pouco mais elevado.

Principais características da tecnologia monofásica:

  1. Ocorrência significativa de lesões por queimadura;
  2. Baixa taxa de sucesso nos casos de Fibrilação Ventricular Prolongada.
  3. Sucesso de reversão de quadro de aproximadamente 59% no 1° choque;
  4. Ocorrências de danos cerebrovasculares;
  5. Energia requerida para o choque é maior (em torno de 360 J);

Desfibriladores Bifásicos

Anteriormente, surgiram os desfibriladores bifásicos. Nele, a polaridade dos eletrodos é invertida em determinado momento durante o processo de desfibrilação, fazendo com que o pulso tenha duas fases distintas. O surgimento de desfibriladores bifásicos deve-se à sua maior eficácia terapêutica.

Principais características da tecnologia bifásica:

  1. Menos ocorrência de lesão por queimaduras;
  2. Menos tempo requerido para retorno cardíaco normal;
  3. Maior eficácia quando utilizada em casos de Fibrilação Ventricular Prolongada.
  4. Taxa de sucesso  de aproximadamente 96% no 1° choque;
  5. Menor ocorrência de danos cerebrovasculares;
  6. Menor quantidade de energia requerida (150 a 200 J);

Portando as informações importantíssimas  que todo consumidor deve se fazer antes de adquirir um desfibrilador externo automático, e garantir a segurança de clientes e colaboradores, além de assegurar o cumprimento da lei. Fatores como o preço e a disposição da companhia fabricante no instante da negociação também devem ser considerados. Mas o que deve falar mais alto é mesmo a qualidade/eficácia do equipamento.

Conheça a nossa loja, a RKP Engenharia possui a linha de Desfibriladores Portáteis.

www.rkpengenharia.com.br/loja

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ÚLTIMOS POSTS

WeCreativez WhatsApp Support
Nossa equipe de suporte ao cliente está aqui para responder às suas perguntas.
👋 Olá, como posso ajudar?